O documentário conta a história do jovem operário negro Júlio César de Melo Pinto, que foi executado pela Brigada Militar, nos anos 1980, em Porto Alegre. O crime ganhou notoriedade após a imprensa divulgar fotos de Júlio sendo colocado com vida na viatura e chegar, 37 minutos depois, morto a tiros no hospital. O filme traz o depoimento de Ronaldo Bernardi, o fotógrafo que fez as imagens que tornaram o caso conhecido, da viúva do operário, Juçara Pinto, e de nomes respeitados da luta pelos direitos humanos e do movimento negro no Brasil. Além do caso que dá título ao filme, a produção discute ainda as mortes de pessoas negras provocadas pela polícia. A Anistia Internacional, inclusive, fala de genocídio da juventude negra devido ao grande número de jovens negros assassinados pelas forças de segurança no País.

Trailer:

 

Ficha Técnica

Duração: 77 minutos
Ano de Produção: 2017
Produção: Maurício Borges de Medeiros por Praça de Filmes

INDICADOS

Direção: Camila de Moraes
Direção de Fotografia: Maurício Borges de Medeiros
Roteiro Original: Camila de Moraes, Mariani Ferreira e Mauricio Borges de Medeiros
Montagem: Mauricio Borges de Medeiros
Som Direto: Cleverton Borges
Edição Sonora: Guilherme Cássio dos Santos
Mixagem: Guilherme Cássio dos Santos
Trilha Sonora Original: Rick Carvalho

 

Fotos

Seja um associado

Seja sócio da Academia Brasileira de Cinema e participe da votação e da cerimônia de premiação mais importante do Cinema Brasileiro.