Um filme infantil, inspirado no poema “O prato azul-pombinho” onde a poeta Cora Coralina, narra o cruel costume de castigar crianças que quebravam uma louça amarrando cacos da “bendita preciosa” em seus pescoços pequeninos. A história se passa no finalzinho do século XIX na cidade de Goiás Velho, antiga capital do Estado de Goiás, em diversos episódios na infância da poeta, narrado de forma lúdica, dramática e envolvente, como sua poesia, capaz de abordar um lado deste Brasil profundo e universal.

Trailer:

Ficha Técnica

Duração: 77 minutos
Ano de Produção: 2018
Produção: Reginaldo Gontijo por Digitalina Produção de Filme e Niria Cleire Pereira Dias por LV Produção de Distribuição ltda

INDICADOS

Direção: Reginaldo Gontijo
Direção de Fotografia: Dizo Dal Moro
Direção de Arte: Teresa Labarrère
Roteiro Adaptado: Geraldo Lima – inspirado no poema “O Prato Azul Pombinho”, de Cora Coralina
Figurino: Niria Cleira Pereira e Vanderlei Costa
Maquiagem: Enoque Abikian
Efeito Visual: Ricardo Feliciano
Montagem: André Cardoso e Ricardo Feliciano
Som Direto: Acácio Campos
Edição Sonora: Guto Valentin
Mixagem: Damião Lopes
Trilha Sonora Original: Carine Corrêa
Atrizes:
Leticia Sabatella como Jacintha
Rebeca Vasconcelos como Aninha
Paula Passos como Vó Dindinha
Atores:
Hilan Bensusan como Dona Joaquina
Vanderlei Costa como Mestre de Cerimônia
Ian Rudá Resende como Sobrinho de Dona Joaquina
Atrizes Coadjuvantes:
Nadja Dulci como Tia Nhorita
Maria Coeli como Cora Coralina
Valdelice Moreno como Lizarda
Magna Oliveira como Dona Antônia
Malu Engel como Curupira
Atores Coadjuvantes:
João Natan como Amado Plebeu
David Ximenes como Barão de Tororó
Eduardo Duarte como Sr. Ozorino Felinto
Felipe Marques como O Príncipe Salvador
Rafael Souza como Dr. Afrânio de Souza Gusmão e Gusmão

Fotos:

Seja um associado

Seja sócio da Academia Brasileira de Cinema e participe da votação e da cerimônia de premiação mais importante do Cinema Brasileiro.