Vencedores

Melhor longa-metragem de ficção Melhor longa-metragem documentário Melhor longa-metragem infantil Melhor longa-metragem de animação Melhor direção Melhor atriz Melhor ator Melhor atriz coadjuvante Melhor ator coadjuvante Melhor direção de fotografia Melhor direção de arte Melhor figurino Melhor maquiagem Melhor efeito visual Melhor roteiro original Melhor roteiro adaptado Melhor montagem ficção Melhor montagem documentário Melhor som Melhor trilha sonora Melhor trilha sonora original Melhor curta-metragem ficção Melhor curta-metragem documentário Melhor curta-metragem de animação Melhor longa-metragem estrangeiro

Melhor longa-metragem de ficção

Anna Muylaert. Produção: Anna Muylaert, Maria Ionescu e Sara Silveira por Dezenove Filmes., por É Proibido Fumar

Melhor longa-metragem documentário

Calvito Leal, Claudio Manoel e Micael Langer. Produção: Raul Schmidt por Jaya, Roberto Berliner e Rodrigo Letier por TvZERO, Carlos Paiva e Isabelle Tanugi por Zohar Cinema, Claudio Manoel e Manfredo G. Barreto., por Simonal – Ninguém Sabe o Duro que Dei

Melhor longa-metragem infantil

Walbercy Ribas e Rafael Ribas. Produção: Juliana Ribas por Start Desenhos Animados., por O Grilo Feliz e os Insetos Gigantes

Melhor longa-metragem de animação

Walbercy Ribas e Rafael Ribas. Produção: Juliana Ribas por Start Desenhos Animados., por O Grilo Feliz e os Insetos Gigantes

Melhor direção

ANNA MUYLAERT, por É Proibido Fumar

Melhor atriz

LILIA CABRAL como Mercedes, por Divã

Melhor ator

TONY RAMOS como Claudio, por Se Eu Fosse Você 2

Melhor atriz coadjuvante

DENISE WEINBERG como Ruiva, por Salve Geral

Melhor ator coadjuvante

CHICO DIAZ como camelô, por O Contador de Histórias

Melhor direção de fotografia

RICARDO DELLA ROSA, por À Deriva

Melhor direção de arte

CLAUDIO AMARAL PEIXOTO, por Besouro

Melhor figurino

MARÍLIA CARNEIRO, por Tempos de Paz

Melhor maquiagem

MARTÍN MACIAS TRUJILLO, por Besouro

Melhor efeito visual

MARCELO SIQUEIRA, ABC, por Besouro

Melhor roteiro original

ANNA MUYLAERT, por É Proibido Fumar

Melhor montagem ficção

PAULO SACRAMENTO, por É Proibido Fumar

Melhor montagem documentário

KAREN AKERMAN e PEDRO DURAN, por Simonal – Ninguém Sabe o Duro que Dei

Melhor som

DENILSON CAMPOS e PAULO RICARDO NUNES, por Simonal – Ninguém Sabe o Duro que Dei

Melhor trilha sonora

MARCIO NIGRO, por É Proibido Fumar

Melhor trilha sonora original

BERNA CEPPAS, por Simonal – Ninguém Sabe o Duro que Dei

Melhor curta-metragem ficção

Renata Pinheiro, por Superbarroco

Melhor curta-metragem documentário

Gustavo Spolidoro, por De Volta ao Quarto 666

Melhor curta-metragem de animação

Humberto Avelar, por Juro que Vi: O Saci
Victor-Hugo Borges, por O Menino que Plantava Invernos

Melhor longa-metragem estrangeiro

Quentin Tarantino. Distribuição: Universal Pictures/Paramount Pictures ., por Bastardos Inglórios

Melhor roteiro adaptado

"Novas Diretrizes em Tempos de Paz" de Bosco Brasil. BOSCO BRASIL, por Tempos de Paz