O Bem Amado (2010) - 110min Ficção

Trailer



Finalista em

  • Melhor ator com MARCO NANINI como Odorico Paraguaçu
  • Melhor figurino com CLÂUDIA KOPKE
  • Melhor maquiagem com LU MORAES
  • Melhor roteiro adaptado com "O Bem Amado" de Dias Gomes.CLAUDIO PAIVA e GUEL ARRAES

Sinopse

Baseado na obra de Dias Gomes, “O Bem Amado” conta a história do prefeito Odorico Paraguaçu, que tem como meta prioritária em sua administração na cidade de Sucupira a inauguração de um cemitério. É apoiado pelas irmãs Cajazeiras - com as quais o político viúvo mantém relações muito próximas. E tem em Vladimir (Tonico Pereira), dono do único jornal da cidade, seu principal opositor.
A história passada no início dos anos 60 é narrada por Neco Pedreira (Caio Blat), um jovem que se apaixona por Violeta (Maria Flor), a filha do prefeito, moça moderna que estuda na capital. Os dois vivem um romance proibido enquanto Odorico sonha em abrir o cemitério municipal. Por falta de defunto, o prefeito nunca consegue realizar sua meta. Odorico arma situações para que alguém morra - inclusive importando um moribundo (Ernesto) que não morre e contratando Zeca Diabo, o matador responsável pela morte de seu antecessor.


Indicados

Direção: Guel Arraes
Produção: Paula Lavigne por Natasha Filmes
Atrizes indicadas: Andréa Beltrão como Dulcinéia, Drica Moraes como Judicéia, Maria Flor como Violeta, Zezé Polessa como Dorotéia
Atores indicados: Caio Blat como Neco, José Wilker como Zeca Diabo, Marco Nanini como Odorico Paraguaçu, Matheus Nachtergaele como Dirceu Borboleta, Tonico Pereira como Vladimir
Roteiro Adaptado: Guel Arraes e Claudio Paiva. Adaptado da obra “O Bem Amado” de Dias Gomes
Direção de Fotografia: Dudu Miranda e Paulo Souza
Direção de Arte: Claudio Amaral Peixoto
Figurino: Claudia Kopke
Maquiagem: Lu Moraes
Efeitos Visuais: André Waller
Montagem: Caio Cobra
Som Direto: Jorge Saldanha
Edição Sonora: Jorge Saldanha
Mixagem: André Tadeu
Trilha Sonora Original: Caetano Veloso, Berna Ceppas e Mauro Lima
Distribuidora: Buena Vista