GLÓRIA PIRES

Estreou na televisão com apenas 4 anos de idade, em junho de 1968, na telenovela A Pequena Órfã, na extinta TV Excelsior. Em 30 telenovelas, destacam-se Dancin’ Days, Vale Tudo, Mulheres de Areia e Éramos Seis.

No cinema, estreou em 1981, aos 17 anos, no filme Índia, a Filha do Sol, de Fábio Barreto. Entre os 19 longas-metragens em que atuou, destacam-se “O Quatrilho” (1995), filme de Fábio Barreto, indicado ao Oscar na categoria de “Melhor Filme Estrangeiro”, “Se Eu Fosse Você” e sua sequência, “Se Eu Fosse Você 2”,  “É Proibido Fumar”, “Flores Raras”, “Lula, O Filho do Brasil” e “Nise, O Coração da Loucura”.

Ao longo de 50 anos de carreira, com inúmeros prêmios nacionais e internacionais por sua atuação no tv e no cinema, agora também abraça a produção audiovisual, com o primeiro longa (parceria Formata/Audaz) A Suspeita – uma história original de Luís Eduardo Soares, com direção de Pedro Peregrino.



Seja um associado

Seja sócio da Academia Brasileira de Cinema e participe da votação e da cerimônia de premiação mais importante do Cinema Brasileiro.