Em 1981 os brasileiros negociavam uma abertura política, para encerrar uma ditadura que havia começado no golpe civil-militar de 1964. Um grupo de membros dos serviços de segurança, temerosos de que a democracia ameaçasse seus empregos e privilégios, partiu para o terrorismo. Em pouco mais de um ano, cometeram mais de quarenta atentados com explosivos. O mais célebre foi durante um show musical pelo Primeiro de Maio de 1981, quando explodiu no colo de um sargento do Exército uma bomba que era destinada ao palco onde artistas se apresentavam para 18 mil pessoas. Missão 115 aborda o momento político da abertura, os atentados terroristas do grupo contrário à democratização e as consequências de sua impunidade, até hoje dificultando a plenitude de um Estado Democrático de Direito. A narrativa do documentário está apoiada em entrevistas com personalidades atuantes no período, usando ainda imagens de época e curtas sequências encenadas do trabalho de um terrorista. O diretor, que foi preso político nos anos 1960, participa da abertura e fechamento do filme.

Trailer

Ficha Técnica

Duração: 87 minutos
Ano de Produção: 2018
Produção: Silvio Da-Rin por Diálogo Comunicação EIRELI ME

INDICADOS

Direção: Silvio Da-Rin
Direção de Fotografia: Antonio Luiz Mendes
Direção de Arte: Emily Pirmez
Roteiro Original: Silvio Da-Rim e Bernardo Florin
Efeito Visual: Marcellus Schnell
Montagem: Célia Freitas
Som Direto: Altyr Pereira
Edição Sonora: Marcito Vianna
Mixagem: Alexandre Jardim
Trilha Sonora Original: Fernando Moura
Ator:
Breno Guimarães como Terrorista anônimo

Fotos:

Seja um associado

Seja sócio da Academia Brasileira de Cinema e participe da votação e da cerimônia de premiação mais importante do Cinema Brasileiro.