MATIAS MARIANI

Graduado na Escola de Artes da NYU Tisch, Matias Mariani produziu filmes como “Sonhos de Peixe” (Semana da Crítica de Cannes), “O Cheiro do Ralo” (Sundance), “À Deriva” (Cannes ‘Un Certain Regard’). Em 2014, iniciou sua carreira de diretor com o documentário “A Vida Privada dos Hipopótamos”, codirigido por Maíra Bühler, que teve sua estreia mundial no FID Marselha e ganhou Melhor Edição no Festival Internacional de Cinema do Rio de Janeiro, além de ser lançado no Brasil e nos EUA. Em 2020 Matias lançou o longa-metragem de ficção Cidade Pássaro, na Mostra Panorama – Festival Internacional de Cinema de Berlim e mundialmente pela Plataforma Netflix.

Como roteirista, Matias trabalhou em “Trago Comigo” (melhor filme do Festival de Brasília), “Pendular” (prêmio FIPRESCI na Berlinale 2017) e “Cidade Pássaro”, escrito e dirigido por Matias, (Festival Internacional de Cinema de Berlim 2020).